Alimentação

Regras de ouro das combinações alimentares

 

1 –Não comer na mesma refeição alimento de amido com alimento ácido.  A digestão dos amidos começa na boca sob a ação da ptialina da saliva. O ácido destrói a ptialina. Assim a digestão pára sobrecarregando o estômago. Pode gerar hiper-acidez, causar fermentações e perturbações. Portanto não misture pão, batata, banana, arroz, mandioca, aveia etc com laranja, limão, tomate, tangerina, uvas ácidas, vinagre etc.

 2 –Não comer na mesma refeição alimentos com proteína e alimentos ácidos. A digestão das proteínas é realizada no estômago sob a ação da enzima pepsina em um ambiente ácido segregado pelo próprio estômago. Outros ácidos destroêm a pepsina ou impedem a sua função. Portanto não comer juntos feijão, carne, peixe, ovos, queijos, castanhas etc com laranja, limão, abacaxi, tomate, vinagre etc. O correto é comer o alimento ácido 15 ou 30 minutos antes da refeição.

3 –Não comer na mesma refeição alimentos com proteína com alimentos de amido. A digestão do amido se faz sob a ação da ptialina em meio neutro ou alcalino, iniciando-se na boca com a mastigação. A digestão da proteína se faz pela ação da pepsina em meio ácido, iniciando-se no estômago. Assim quando o amido chega ao estômago ele absorve a pepsina e impede a ação do ácido clorídrico, prejudicando a digestão da proteína, causando fermentações e gases. E assim ambos são mal digeridos. Evitar portanto as misturas de carne, peixe, ovos, queijos, castanhas, feijões etc, com pão, batata, arroz, mandioca etc.

 4 –Não comer na mesma refeição mais de um tipo de proteína. As proteínas requerem secreções digestivas, concentrações e tempos diferentes para serem digeridas. Ao ingerir dois prótidos diferentes vamos causar perturbações  ao estômago e má digestão destes alimentos. Exemplos: Dois tipos de carnes ou dois tipos de castanhas podem ser misturados, mas deve se evitar de misturar carne e ovos, carne e queijo, ovos e leite,  feijão e carne etc.

 5 –Não comer na mesma refeição proteína e gordura.  A gordura reduz a atividade das glândulas gástricas, reduzindo a capacidade do estômago de digerir as proteínas. Portanto não se deve ingerir carnes, queijo, peixe, ovos, leite, com manteiga, óleos, frituras, gorduras etc. Os vegetais crus tem o poder de neutralizarem o efeito das gorduras, assim se comermos uma grande quantidade de folhas verde escuras, pode-se usar moderadamente esta mistura.

 6 –Não comer na mesma refeição açúcares e amidos. O açúcar provoca a secreção de muita saliva sem ptialina a qual vai ser necessária para a digestão do amido. Além disso a digestão dos açúcares acontece nos intestinos. Assim quando são ingeridos juntos, nem o açúcar pode descer aos intestinos nem o amido é bem digerido, pela falta de ptialina. O resultado é uma grande fermentação e má assimilação de nutrientes. Devemos evitar as misturas do tipo:  açúcar, mel, geléias, doces, melado, xaropes etc, com pão, banana, batata, aveia, bolos etc.

 7 –Não comer mais de um tipo de alimento de amido na mesma refeição.Através desta regra impedimos o excesso de amiláceos e a consequente fermentação e má digetão. Vamos evitar então misturar batata com pão, arroz com trigo, arroz e mandioca etc.

 8 –O leite deve ser tomado sozinho. O leite é um isolador gástrico pois o seu  creme detém os sucos gástricos por algum tempo, não sendo digerido no estômago mas no duodeno. Por isso o estômago não digere nada na presença do leite.

 9 –O mel, melado, açúcar mascavo, rapadura, muito úteis a saúde junto com os demais doces devem ser consumidos isoladamente, longe das refeições. A sua digestão acontece nos intestinos e ao ser ingerido junto  com outros alimentos provoca fermentação e má digestão.

 10 –As frutas devem ser ingeridas isoladamente e longe das refeições, pois as frutas só permanecem no estômago de 30 a 90 minutos, passando então ao intestino delgado onde será digerida. Ingerida com outros alimentos , prejudicam-se mutuamente e causam fermentações. Deve-se comer frutas doces, ácidas e oleaginosas separadamente se mistura-las entre si.

 Autor: Wellington Lee Schetinger

Farmacêutico e acupunturista

 

Terapia Gerson

Lista de alimentos PERMITIDOS na Terapia Gerson:

alface romana (é a mais nutritiva das alfaces)
chicória
escarola-endívia de folha larga
endívia, acelga
acelga suíça
agrião, espinafre
folhas de beterraba
girassol verduras

brócolis
couve lombardo, couve chinesa, couve branca, couve roxa, couve-flor
alcachofra

tomate, tomate cereja, tomate chucha

pimentão verde e vermelho
abóbora, abobrinha,
beringela

alho, cebola, cebola roxa, cebola verde
alho-francês/alho-poró
cebolinha-francesa

cenoura, nabo, rabanete, rábano
beterraba

raiz de aipo, raiz de salsa
raiz de tupinambo ou girassol batateiro
raiz forte
ruibarbo

batata, batata doce, ínhame

ervilha, feijão verde
lentilha, lentilhas germinadas

SÓ para dar sabor – Usar pouca quantidade
alecrim
casca da semente da noz moscada
cebolinha, coentro
cravo, endro
erva-doce, estragão
folha de louro
funcho, hortelã
limão, louro
salsa, sálvia
satureja-segurelha, tomilho

Uso no Desjejum (Café da Manhã – sem café)
flocos de aveia

Uso ocasional
arroz integral, arroz selvagem
centeio, trigo

Frutas
As frutas principais da dieta Gerson são:
maçã e banana

Mas pode também usar:
ameixa, cerejas
damascos, figos
mamão/papaia
manga, pêra, pêssego

Frutos secos-para adoçar, usar pouca quantidade
uvas passas, figos secos
ameixas secas, damascos secos

 

Lista de alimentos PROIBIDOS na Terapia Gerson

Alimentos processados
alimentos conservados, enlatados, engarrafados
alimentos refinados
alimentos salgados, defumados ou sulfurados
alimentos congelados

sal, sal de cozinha, sal marinho, sal de todas as maneiras, vegetal, tamari, shoyu, miso, sal leve ou substitutos de sal,  sais de Epsom

açúcar branco
bolos e doces
chocolate, cacau
farinha e todos os alimentos à base de farinha

gelados/sorvetes
manteiga, natas e outros produtos lácteos
queijo, gorduras animais
manteiga de frutos secos (amendoin, sésamo, amêndoa etc)
margarina, óleos hidrogenados ou parcialmente hidrogenados
óleos e gorduras e outros alimentos que os contêm. Isto inclui óleo de milho, azeite (de oliva), óleo de canola, óleo vegetal, exceto óleo de sementes de linhaça  (que é especialmente prescrito)
qualquer fonte de gorduras dietéticas

carne, peixe, mariscos e outros animais
proteínas e alimentos ricos em proteínas

suplementos de proteínas, incluindo os à base de cevada ou de algas
brotos/brotos de alfafa e de outras sementes ou de feijões
soja e produtos com soja
sementes, frutos secos (amendoim, amêndoa, avelã, caju, nozes, etc)

álcool, bebidas comerciais
café como bebida
chá preto e outros chás não de ervas

especiarias, pimenta, paprica/colorau, manjericão, orégano, mostardas

cogumelos, espinafre cru (cozido é permitido)
pepino,  leguminosas e produtos com base em leguminosas (feijões, grão de bico, etc)

abacaxi/ananás, bagas (morangos, amoras, framboesas, etc), coco, pêra abacate

fluór: tudo o que contenha flúor (incluindo pasta de dentes – pode comprar pasta de dentes em lojas de produtos naturais)
sódio: bicarbonato de sódio e tudo o que contenha sódio

 

RECEITAS DA DIETA GERSON

 

PAPA DE AVEIA
Comer uma grande porção de papa de aveia ao desjejum(café da manhã-sem café)

Ingredientes:
– Flocos de aveia biológicos/orgânicos – 125 ml
– Água purificada (por osmose inversa ou destilação) – 250/350 ml

Preparação:
Cozinhe lentamente (com 2 placas difusoras de calor ou em banho-maria) até ficar pronto.
Não deve utilizar nenhuns outros cereais.
Os flocos de aveia têm um propósito especial: além de serem uma boa fonte de vitaminas do complexo B, e de serem ricos em proteínas, têm uma característica especial: criam no intestino do paciente uma cama macia (ao invés dos cereais em grão), preparando-o para todos os sucos do dia.
Pode variar o sabor acrescentando diferentes frutas:
-frutas cruas, cortadas ou raladas (maçã, banana, pêra, pêssego, damasco, manga, mamão ou outras frutas permitidas)
-frutas cozidas (sem água) (maçã, banana, pêra, pêssego, damasco ou outras frutas permitidas)
-mel, passas de uva, ameixas secas, damascos secos cozidos.

 

SOPA HIPÓCRATES (sopa especial referenciada em várias outras receitas) (Hipócrates era um médico Grego, considerado o pai da Medicina) Para 1 pessoa.

Ingredientes:
– Aipo – uma raiz de aipo média ou 3-4 talos
– Raiz de salsa – 1
– Alho – a quantidade que desejar
– Alho francês/Alho-porró – 2 pequenos (se não houver, substituir por cebola)
– Tomate – 750 gr
– Batata – 500gr
– Cebola – 2 médias
– Salsa – um pouco
– Água purificada (por osmose inversa ou destilação)

Preparação:
Nenhum destes vegetais deve ser descascado.
Lavar e esfregar os vegetais com uma escova própria para vegetais.
Cortar os vegetais em bocados grandes.
Cobrir os vegetais com água.
Deixar ferver, em panela tapado, em fogo muito brando, durante cerca de 2 horas.
Dividir em pequenas porções e passar pelo passapurê.
A quantidade de água utilizada na preparação da sopa ajuda a variar a consistência e o sabor.

Pode manter-se na geladeira, não mais de 2 dias.
Ir  aquecendo à medida que for utilizando.

Em receitas posteriores onde seja mencionado o uso de sopa, pode (e deve) utilizar esta sopa especial.

 

SUMOS/SUCOS (Nota: todos os sumos/sucos devem ser preparados na hora da tomar)

Cenoura/ Maçã


– Cenouras – 3-4 (aprox.170gr)
– Maçã verde – 1 grande (aprox.170gr)

 Sumo Verde

Deve usar sempre 1 maçã média por cada copo de sumo verde.
Deve triturá-la ao mesmo tempo que os vegetais.

Utilizando os vários tipos de folhas verdes da seguinte lista, varie à sua vontade.
– Alface romana, acelga, folha de Beterraba (folhas novas)
– Agrião, endívias, chicória.couve roxa/Repolho vermelho-roxo
– Pimentão verde (1/4 de um pequeno), maçã – 1 média por cada copo de sumo

 

PRATOS DE LEGUMES COZIDOS

Preparação dos vegetais: indicações importantes
Todos os vegetais devem ser cozinhados lentamente, em chama baixa, sem adição de água.
Pode utilizar um pouco da “Sopa Especial” , tomates, bocados de maçã ou ainda cebola picada, como “cama” para os restantes vegetais. Isto providenciará o líquido necessário para que não se queimem, e enriquecerá o sabor.
Cozinhar lentamente é muito importante para preservar o sabor natural dos alimentos e torná-los facilmente digestíveis. Devem ficar macios mais firmes. Deve ser utilizado um difusor de calor em aço inoxidável, para prevenir que os alimentos se queimem.

Todos os vegetais a utilizar devem ser cuidadosamente lavados e esfregados com a escova para vegetais e nunca se lhes deve retirar a casca.
Não utilizar panelas de alumínio nem panela de pressão.
Os vegetais ou frutas cozinhados não deverão ser mantidos na geladeira por mais de 48 horas.

 

MODOS DE PREPARAR

Legumes assados:
Devem ser cozinhados em fogo baixo (180), durante 2 a 2h30 num tacho/panela bem tapada. Pode utilizar tomates, cebola ou outros vegetais borrifados de sumo de limão como “cama” para os restantes.

Legumes estufados:
Devem igualmente ser cozinhados numa panela pesado com uma tampa hermética, em chama baixa com muito pouco ou nenhum liquido.

Legumes lentamente fervidos:
Manter os vegetais em pouco liquido, com chama suficiente para manter a fervura (fogo baixo). A tampa também deve fechar hermeticamente.

 

PRATOS
 

Sopa Russa Borscht


Cebola -1, dentes de alho – 3, sopa especial – 1 (medida)
Beterrabas pequenas inteiras -6, batata grande – 1, tomates – 2, cenoura – 1
Folhas de couve roxa/repolho vermelho – 4, louro folha – 2, medida de água – 3

Passe todos os vegetais no triturador, exceto o louro. Coloque tudo na panela com a água e o louro e deixe cozinhar em lume baixo por cerca de 30 min. Sirva com um iogurte sem gordura.

 

Creme de beterraba cozida

Beterrabas cozidas – 3, iogurte sem gordura (0%) – 6 colheres de sopa
Cebolinha fresca cortada – 1 colher de sopa, cebola picada – 2 colheres de sopa, salsinha picada – a vontade

Colocar tudo numa panela e aquecer lentamente. Depois de colocar no prato, salpicar com a salsa picada.

Brócolis – (ao natural)

Cozinhar os brócolis num panela sobre cebola picada ou sobre a sopa especial, por cerca de 1 hora. Servir com molho de tomate.

 

Brócolis e ervas

 

Ingredientes: Brócolis, alho – 4 a 6 dentes, cebola – ½ cebola, picada
Endro/Dill – ¼ colher de chá, sopa especial – 60 ml

Preparação:
Lavar os brócolis. Colocar a cebola e o alho numa panela, levar ao fogo e deixar que a cebola fique translúcida. Colocar os brócolis e o endro/dill e cozinhar em lume baixo até aos brócolis ficarem macios.

 

Festa de Brócolis

 

Ingredientes:
Brócolis – alho – 1 dente picado, cebola – 1 pequena, picada, pimentão – Amarelo ou vermelho cortado às tiras, sumo limão – 2 colheres chá (opcional), endro/Dill – fresco picado, 1 colher de chá

(pode substituir os brócolis nesta receita por feijão verde (800 ml de feijão verde cortado aos bocados)

Preparação:
Lavar e preparar os brócolis. Colocá-los numa panela juntamente com o alho e a cebola, tapar e deixar cozinhar por cerca de 45min em fogo baixo. Adicionar o pimentão nos últimos 20/25min. Adicionar o sumo de limão e salpicar com o endro/dill picado.

 

Couve-flor

 

Ingredientes:  Couve flor – cortada, tomate – 2 ou 3, cortados

Juntar a couve-flor e o tomate e cozinhar em fogo baixo, aproximadamente 45 min., ou até ficar tenro.

 

Couve-flor com molho de cenoura

 

Couve-flor – 1 pequena, cenouras – 3, óleo de linhaça

Separe os ramos da couve-flor, coloque numa assadeira com muito pouca água, e cozinhe lentamente. Quando estiver macia, retire a água restante. Ao mesmo tempo, ferva as cenouras aos bocados em água, até que fiquem macias. Deixe esfriar as cenouras até à temperatura de comer (o óleo de linhaça não deve ser aquecido) e misture-as com o óleo de linhaça no liquidificador. Depois de retirar a couve-flor do forno, deixe-a esfriar e coloque por cima o molho de cenoura/linhaça.

 

Cenouras e mel

 

Lave as cenouras, corte os extremos e parta às tiras. Não retire a pele nem rale. Guise sobre um pouco da sopa especial cerca de 45 min, ou até ficarem macias.
Espere 5/10min e depois acrescente ½ colher de chá de mel para dar sabor.

 

Rolos de acelga recheada

 

Acelga – 1 cacho, batatas -6 médias, cenouras – 4, cebola – ½ picada, alho – 3 dentes picados

Numa panela, cozinhe a cebola e as batatas. Noutro panela, cozinhe as cenouras e o alho. Reduza ambos a puré separadamente e só depois junte. Escalde as acelgas (colocar em água muito quente, não deixando propriamente cozer).
Estenda cada folha de acelga, retire a parte dura do caule, coloque o puré no meio e enrole bem. Coloque no prato de servir com molho de tomate (receita dada).

 

Milho com vegetais variados

 

Espigas de milho – 2, talos de aipo – 3, abobrinha – 2, cenoura – 2

Lave as espigas de milho e retire-lhes as barbas. Corte os outros vegetais em pedaços pequenos. Coloque o milho numa assadeira juntamente com os vegetais e asse no forno a 200º por cerca de 1 hora.

 

Creme de Milho

 

Espigas de milho – 3, pimentão verde – 1

Lave as espigas de milho e retire-lhes as barbas. Bata os grãos de 2 delas no liquidificador. Em seguida junte os grãos da terceira espiga aos grãos batidos. Coloque tudo numa assadeira e ponha por cima o pimentão verde cortado aos bocadinhos. Deixe assar por cerca de 1h30 a cerca de 200-250º

 

Milho com sumo de Laranja

 

Espigas de milho – 2, sumo de laranja – 1 copo

Lave as espigas de milho e retire-lhes as barbas. Coloque numa assadeira com tampa e deixe assar a 250º até estar macia. Retire o sumo que se formou. Adicione o sumo de laranja e espere 5 a 10min antes de servir

 

David Wolfe

Super Alimentos

            Se você quer alcançar mais saúde do que nunca e a melhor a relação com a comida, recomendamos que você consuma os 10 Supera limentos, os 10 + super ervas,  e siga a cozinha do alimento cru e vivo.

O que é um super alimento?

Superalimentos são uma classe dos alimentos mais poderosos, super-concentrado e rico em nutrientes no planeta. Extremamente saborosos, super alimentos têm a capacidade de aumentar tremendamente a força vital e a energia do próprio corpo, e são  a melhor escolha para melhorar a saúde e sobretudo, estimular o sistema imunológico, elevando a serotonina, melhorar a sexualidade, limpeza e alcalinizantes do corpo. Nos nutrir no nível mais profundo, eles são o verdadeiro combustível de hoje.

Os superalimentos e super ervas não só ajudam imediatamente nutrir o cérebro, ossos, músculos, pele, cabelo, unhas, coração, pulmões, fígado, rins, sistema reprodutivo, pâncreas, e do sistema imunológico, eles também podem, a longo prazo, corrigir os desequilíbrios e ajudar a guiar-nos para uma dieta mais natural e original.

Isso significa que por consumir os super alimentos e super ervas torna-se mais fácil de conseguir

o seu peso ideal, dieta, hábitos alimentares, bem como auxiliar a aliviar a desintoxicação e a

transição para a vida. Usar mais alimentos vegetais crus!

Os super alimentos proporcionam curiosamente as  condições de atender e superar todas as nossas necessidades de proteínas, nossas exigências de vitaminas e minerais, açúcar.

 Top superalimentos

Cacau (chocolate cru) 

Os segredos surpreendentes sobre o maior dos alimentos do mundo.

* Curar e abrir o seu coração

* Aliviar a depressão e a perda do amor

* Aumentar a sua sensualidade e beleza

* Aumentar duas vezes a sua alegria

* Alimentar o seu cérebro

* Acelerar sua nutrição

* Atrair prosperidade em sua vida

* Afrodisíacos mais maravilhosos do mundo

* Faça as bebidas mais ultrajantes, sobremesas, bolos, sorvetes e muitos outros.

 É a semente de um fruto de uma árvore da Amazônia, o cacau é o mais forte dos alimentos antioxidantes na planeta, a 1 fonte de magnésio, ferro, cromo, e é também extremamente elevado em PEA, teobromina (suporte cardiovascular), e anandamida (felicidade química).

Chocolate equilibra a química do cérebro, constrói ossos fortes, é um afrodisíaco natural,

eleva o seu humor e energia, e pode ajudar ter um dia melhor!

 A verdade sobre o processo saúde-benefícios do chocolate está finalmente chegando aos nossos ouvidos. Toda a verdade deve ser dita. Chocolate é saudável se for escuro, sem laticínios adicionado, produtos / leite ou açúcar refinado. Ainda melhor são grãos de cacau crus, o “alimento dos deuses” que possuem todas as propriedades mágicas de chocolate sem qualquer adulteração ou processamento!

 Todo o chocolate vem de grãos de cacau – as sementes do fruto do cacau – que cresce em um árvore da selva. Podem ser referidos como grãos de cacau, sementes de cacau, cacau em amêndoa, sementes de chocolate, grãos de cacau com gosto de chocolate escuro.

 Grãos de cacau contém mais de 300 compostos quimicamente identificáveis ​​tornando-se uma das substâncias alimentares mais completa da Terra!

 

Composição químicado chocolate que têm sido discutidas na literatura científica como  farmacologicamente significativa, incluem:

• A anandamida (química bem-aventurança)

• Arginina (Viagra Natural)

• Aopamine (neurotransmissor)

• Epicatequinas (antioxidantes)

• Histamina

• Magnésio (mineral de apoio ao coração)

• A serotonina (neurotransmissor anti-stress)

• triptofano (aminoácido anti-depressivo)

• Feniletilamina (PEA)

• Os polifenóis (antioxidantes)

 Propriedades anti-depressivo de Cacao

Como já observamos, o cacau é uma das mais ricas fontes de magnésio, que é um tônico do coração, assim como do cérebro. O cacau também é uma grande fonte de serotonina, dopamina e feniletilamina, três neurotransmissores bem estudadas, que ajudam aliviar a depressão e estão associados a sentimentos de bem-estar. O cacau contém inibidores da monoamina oxidase (inibidores da MAO) que melhoram nosso humor porque permitem que a serotonina e da dopamina possam permanecer na corrente sanguínea, não sendo quebrados.

 O cacau contém anandamida que proporciona sentimentos felizes. Cacau também contém  Vitaminas B, que são associados com a saúde cerebral. Tudo isso faz com cacao um prozac natural! Produtos de cacau são alimentos felizes. Cacau é a melhor fonte natural de magnésio (alcalinidade), ferro (sistema circulatório) e cromo(normalizador do açúcar no sangue).

 Irregularidades do açúcar no sangue tem sido associadas a distúrbios psicológicos de mau humor na esquizofrenia. Minerais alcalinos como o magnésio ajudam alcalinizar nossos tecidos, criando assim um comportamento mais calmo e relaxado. O cacau contém os sais minerais que ajudam com o açúcar no sangue.

 O cacau é uma fonte rica de anandamida (o produto químico bem-aventurança). Anandamida nos faz sentir eufóricos e felizes. Cacau também contém compostos PEA que são semelhantes aos produtos químicos que liberam quando nos apaixonamos. Cacau também é a maior fonte natural de antioxidantes. Além disso, o cacau tem um bom teor de vitamina C.

 O Melhor Antioxidante tem sido sabotado com chocolate ao leite processado.

FATO: Cacau tem 10% de antioxidante e aumenta o nível de concentração, o que torna o MAIOR antioxidante alimento no planeta. Sim, você leu corretamente, chocolate crua contém mais antioxidantes que qualquer outro alimento no mundo! No entanto, quando os produtos lácteos / leite é adicionado, o super antioxidantes são cancelados. Estudos indicam que os produtos lácteos bloqueiam especificamente a absorção de todos os antioxidantes no chocolate!

O que estamos descobrindo é que o próprio chocolate é um alimento de saúde, especialmente em sua forma bruta como grãos de cacau. É as substâncias adicionadas ao chocolate que causam os problemas: laticínios e produtos como leite e açúcar!

 Estudos realizados pela Academia Naval dos EUA concluiu que não há evidências de que o chocolate provoca ou agrava a acne. É provável que a adição de açúcar ao chocolate exacerba a acne.

Chocolate como Super Energizante

 

Estamos todos familiarizados com o fato de que o cacau pode aumentar a sua energia de forma substancial. Isto é devido a teobromina, molécula irmã a cafeína, que compõe entre 1-2% da semente do cacau. A teobromina estimula o sistema nervoso central, relaxa musculatura lisa e dilata os vasos sanguíneos.

PEA e anandamida: A PEA é um produto químico no cacau que aumenta a atividade dos neurotransmissores em partes do cérebro que controlam a nossa capacidade de prestar atenção e ficar alerta. Os níveis de feniletilamina elevadas ocorrem quando estamos apaixonados ou cativado por um bom livro, filme ou projeto, o que acontece especificamente durante aqueles momentos em que estamos tão concentrados que perdemos a noção do tempo, o alimento, ou mundo exterior. PEA é visivelmente abundante no cérebro de pessoas felizes!

FATO: O chocolate contem até 2,2% feniletilamina (PEA). Este é uma enorme quantidade em comparação com outros alimentos!

Um neurotransmissor chamado anandamida (n-arachidonoylethanolamine), tem sido isolado em cacau em quantidades significativas o suficiente para afetar o cérebro. A anandamida é um canabinóide naturalmente encontrada no cérebro humano. A anandamida é um lípido (gordura), conhecida como “O produto químico bem-aventurança”, porque ele é liberado quando estamos nos sentindo muito bem. Chocolate cru é excepcionalmente elevada em anandamida natural.

Inibidores da MAO = mais serotonina: Os inibidores de MAO, na verdade, produzem resultados favoráveis, quando consumido, permitindo maior serotonina e outros neurotransmissores, tais como a anandamida, a dopamina, para circular no cérebro. Inibidores da MAO podem ajudar no rejuvenescimento, pois permitem que mais neurotransmissores possam permanecer na corrente sanguínea. Um fenômeno principal que separa as crianças dos adultos é o nível de neurotransmissores no sangue e corpos das crianças. Geralmente, como um adulto permanece no planeta mais tempo, o nível de neurotransmissores diminui. Isso cria rigidez, menos criatividade, menos alegria e mais o envelhecimento! O cacau, sendo um inibidor da MAO, mantém abundância de neurotransmissores em circulação e assim, deixa esse fenômeno de sempre ocorrendo.

 Maior Afrodisíaco

Chocolate realmente é alimento para a alma – é o “sangue” do coração devido ao seu magnésio e antioxidantes. Chocolate, tal como o conhecemos, é conhecido pela sua vibração de amor sensual. Chocolate é o símbolo de sensualidade, prazer e sexualidade. Alguns autores afirmam que 50% das mulheres preferem o chocolate ao sexo! Temos ouvido muitas vezes que “chocolate abre o coração” – o que é realmente verdade. Chocolate é o presente para todos os amantes. Chocolates são sempre dadas como ofertas de amor. Cacao, porque é puro, tem uma energia de amor ainda mais forte.

 

Semente de Chia

Semente de Chia elimina gordura e traz benefícios para saúde

            A semente de chia é encontrada no sul do México. Entre tantos benefícios, ela é capaz de auxiliar na perda de peso, na prevenção da diabetes e doenças cardiovasculares.

A semente era muito utilizada pelos astecas, mexicanos e habitantes do Sul da Califórnia e do Arizona como suplemento alimentar para aumentar a resistência, a energia e a força necessária sob condições extremas como o calor intenso, a escassez de água e alimentos. 
 
Fibra
 
          A semente de chia apresenta alto teor de fibras, nutriente essencial para o bom funcionamento do organismo. As fibras apresentam a capacidade de promover saciedade, pois em contato com líquido no interior do estômago formam uma espécie de “gel” que dilata o estômago. 
Estudos apontam que o consumo da chia pode auxiliar na perda de peso, pois auxilia na redução do apetite. Além disso, a formação desse “gel” aumenta o volume do bolo fecal, facilitando a eliminação das fezes e melhorando o funcionamento do intestino. O “gel” formado pela fibra em contato com líquido auxilia ainda no tratamento e prevenção de doenças como diabetes e doenças cardiovasculares. Parte da glicose e gordura em excesso permanecem retidos na fibra, sendo eliminados através das fezes.
Proteína
 
Outra característica é que a semente apresenta maior teor de proteína quando comparada a outros cereais como o milho, o arroz, a aveia, a cevada e o trigo. Por isso, o consumo da chia pode beneficiar vegetarianos, pois complementa o fornecimento deste nutriente na dieta. 
A chia pode ser utilizada na alimentação de crianças, adolescentes e gestantes, por ter nutrientes essenciais para o crescimento e desenvolvimento. Praticantes de atividades físicas também podem se beneficiar do consumo desta semente, já que estes indivíduos necessitam de maior aporte protéico quando comparados a indivíduos sedentários.
 
Vitamina e Minerais
 
Chia é uma boa fonte de vitaminas do complexo B, de minerais como: cálcio, fósforo, magnésio, potássio, ferro, zinco e cobre. Por ser boa fonte de cálcio é uma excelente opção para aqueles que apresentam osteopenia e osteoporose. Para crianças e gestantes, o cálcio é importante para a formação da massa óssea.
Antioxidantes
Os radicais livres são produzidos diariamente em nosso organismo, durante a respiração, digestão dos alimentos, exposição à poluição, dentre outros. Os radicais livres podem danificar as células levando desde envelhecimento precoce até doenças como câncer. Os antioxidantes são capazes de bloquear o efeito prejudicial dos radicais livres. A maioria dos antioxidantes são encontrados em alimentos de origem vegetal, como frutas, verduras, legumes e cereais integrais. Importantes antioxidantes encontrados nas sementes de chia são o ácido caféico e ácido clorogênico. Estudos indicam que o consumo de altos níveis de alimentos e bebidas ricos em compostos antioxidantes podem proteger contra doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer.
 
Onde encontrar e como consumir
 
A semente pode ser adquirida em qualquer loja de produtos naturais. E consumida de diferentes maneiras: espalhada em cereais, iogurtes, saladas ou  adicionada na bebida.
 

Dieta do Tipo Sanguíneo

 SANGUE TIPO O


Alimentos benéficos: carne bovina magra, peixe, azeite de oliva, nozes, ervilha, feijão azuki, feijão rajado, ábobora, acelga, brócolis, espinafre, nabo, folha de beterraba, cebola, chicória, couve, quiabo, salsa, alho, batata doce, alface, algas, ameixas secas e frescas, figos, abacaxi, cereja, curcuma, curry, pimenta caiena, dente de leão, gengibre, amora, hortelã.

 

Alimentos neutros: carne de frango caipira, pato, peru, atum, camarão, leite de cabra, leite de soja, manteiga, mussarela, tofu, amêndoas, castanhas, tahini, girasol, gergelim, feijão branco e preto, fava, grão de bico, vagem, cevada, creme de arroz, farelo de arroz, arroz branco, arroz integral, cenoura, inhame, pepino, coentro, agrião, abóbrinha, funcho, cará, rabanete, pimentão, tomate, beterraba, azeitona verde, brotos, banana, goiaba, melancia, lima, limão, maçã, mamão, manga, pêra, kiwi, uva, misso, mostarda, acúcar mascavo, alecrim, menta, erva doce, manjericão, mel, shoyu.

Alimentos nocivos: carne de porco, presunto, bacon, leite integral, queijos, iogurte, ricota, sorvete, pão de trigo integral, pão branco, glúten, farinha de aveia, abacate, azeitona preta, beringela, repolho, vinagre, ketchup, picles, café, destilados.

 

SANGUE TIPO A

 

Alimentos benéficos: leite de soja, tofu, azeite de oliva, amendoim, feijões azuki, preto, vermelho, soja, lentilha, , , abóbora moranga, acelga, alface, couve, alho, folha de beterraba, broto de alfafa, cebolas, cenoura, chicória, espinafre, nabo, quiabo, salsa, abacaxi, ameixa, amora, figo, limão, gengibre, melado, misso, shoyu, mostarda, babosa, camomila, valeriana, ginseng, café, vinho.

Alimentos neutros: galinha caipira, atum, sardinha, iogurte, coalhada, ricota, mussarela, queijo e leite de cabra, , castanha, semente de girasol e gergelim, ervilhas, fava, feijão branco, vagem, arroz branco e integral, aveia, cevada, creme de arroz, fubá, painço, pão de centeio, bolo de milho, tapioca, abacate, algas, azeitonas verdes, beterraba, cebolinha, coentro, couve flor, milho verde, mostarda, pepino, rabanete, nabo, goiaba, kiwi, lima, maçã, goiaba, morango, pêra, pêssego, uva, açúcar mascavo, coentro, cominho, cravo, cúrcuma, curry, hortelã, menta, erva doce, mel, salsa.

Alimentos nocivos: carne vermelha, porco, bacon, presunto, fígado, leite integral, manteiga, queijos, sorvete, requeijão, óleo de milho, grão de bico, trigo integral, pão integral, farinha branca, pimentão, pimenta, tomate, berinjela, batatinha, vinagre, ketchup, maionese, cerveja.

 

SANGUE TIPO B

 

Alimentos benéficos: carne de ovelha e coellho, sardinha, iogurte, coalhada, leite e queijo de cabra, ricota, mussarela, azeite de oliva, feijão branco e mulatinho, arroz integral, aveia, batata doce, berinjela, cenoura, beterraba, brócoli, mostarda, couve, couve flor, inhame, pimenta, salsa, abacaxi, banana, uva, mamão, ameixa, repolho, curry, gengibre, alcaçus, ginseng, hortelã, sálvia, chá verde,

Alimentos neutros: carne bovina, peru, atum, carpa, leite de soja, leite integral, manteiga, queijos, requeijão, sorvete, amêndoas, castanhas, nozes, ervilha, fava, vagem, creme de arroz, granola, arroz branco e integral, farinha branca, abóbora, acelga, agrião, alface, algas, alho, brotos, cebola, chicória, dente de leão, ervilha,
espinafre, funcho, gengibre, nabo, pepino, rabanete, amora, cereja, laranja, lima, limão, morango, pêra, pêssego, figo, framboesa, goiaba, maçã, manga, melão, açúcar mascavo, alecrim, cominho, cravo, cúrcuma, erva doce, misso, orégano, cebolinha, hortelã, menta, mel, melado, sálvia, vinagre, shoyu, picles, gelatina, louro, bardana, camomila, milefólio, valeriana, tomilho, cha verde, café, cerveja, vinho, chá preto.

Alimentos nocivos: frango, bacon, porco, presunto, camarão, óleos de milho, girasol, gergelim, semente de abóbora e girasol, amendoim, tahini, feijão azuki, preto, rajado, grão de bico, lentilha, trigo integral, centeio, cevada, fubá, germe de trigo, pão integral, bolos, glúten, abacate, azeitona, broto de feijão, tofú, tomate, caqui, côco, canela, maisena, ketchup, sene, destilados, refrigerantes.

 

SANGUE TIPO A B

 

Alimentos benéficos: carne de ovelha, peru, atum, sardinha, coalhada, iogurte, leite de cabra, mussarela, ricota, azeite de oliva, amendoim, nozes, arroz integral, aveia, pão de centeio, arroz branco, alho, batata doce, berinjela, beterraba, brocoli, couve, couve flor, dente de leão, inhame, mostarda, pepino, salsa, tofu, abacaxi, ameixa, cereja, figo, kiwi, framboesa, limão, uva, repolho, mamão, cenoura, curry, salsa, misso, alcaçus, alfafa, camomila, chá verde, gengibre, ginseng, café.

Alimentos neutros: leite de soja, requeijão, queijos, leite desnatado, amêndoas, castanhas, ervilha, lentilha, vagem, feijão branco, cevada, germe de trigo, granola, creme de arroz, soja, trigo integral, pão integral, bolo integral, bolo de aveia, cuscuz, farinha branca, abóbora, acelga, agrião, alface, algas, alho, azeitonas, batatas, cebola, cebolinha, cenoura, chicória, coentro, cogumelo, espinafre, funcho, gengibre, nabo, quiabo tomate, repolho, lima, maçã, melão, mamão, morango, pêra, pêssego, tangerina, abacaxi, damasco, açúcar mascavo, alecrim, canela, cominho, cravo, cúrcuma, hortelã, manjericão, manjerona, mel, melado, menta, noz moscada, sálvia, tomilho, shoyu, mostarda, milefólio, salsa, valeriana, cerveja, vinho.

Alimentos nocivos: bacon, frango, porco, carne bovina, presunto, camarão, leite integral, manteiga, creme de leite, parmesão, óleos de girasol, gergelim, milho, tahine, sementes de abóbora, girasol e gergelim, fava, feijão azuki, preto e fradinho, grão de bico, flocos de milho, bolo de milho, abacate, pimentão, pimenta, rabanete, laranja, vinagre, maisena, picles, ketchup, babosa, ruibarbo, sene, destilados, refrigerantes, chá preto.

Autor: Wellington Lee Schetinger
Farmacêutico fitoterapêuta acupunturista 

 

Sugestão de Dieta

SUCO DA TERRA (SUCO DE CLOROFILA OU SUCO VERDE)

 

Suco da Terra é a forma de assimilação mais importante que conhecemos, sendo considerado o ELIXIR DA LONGA VIDA.

Poderá ser usado para prevenção e cura de diversas doenças.

O suco deve ser feito com plantas frescas colhidas na horta ou compradas em feira orgânica.

Após colhidas e lavadas, as verduras e folhas, devem ser batidas no liquidificador até transformarem-se em uma massa. Para coar usa-se um tecido chamado volta ao mundo. Após espremer bem, retira-se o sumo, este deve ser bebido um copo grande de manhã em jejum. Pode-se acrescentar abacaxi ou limão.

A importância do suco da terra está na semelhança das cadeias moleculares da clorofila vegetal com a hemoglobina do sangue e por isso a sua assimilação pelo organismo se dá por via direta sem desgaste de energia.

Purificador, vai rejuvenescendo e curando todas as nossas enfermidades, além de conter a cor verde que é a manifestação da cura em todos os planos de energia.

Este suco não usa água, somente a água estruturada vegetal, repondo todos os nutrientes que nosso corpo necessita, como minerais, vitaminas, enzimas, fito-nutrientes, açúcares e outros.

O segredo está em usar as plantas que dispomos em nosso quintal que são as que com certeza necessitamos para nos curar. Pois a planta que nasce na nossa porta e o remédio que a mãe natureza esta nos doando com amor.

Ingredientes principais:
-Cenoura
-Pepino
-Chuchu
-Abóbora
-Maçã
-Couve
-Salsa
-Hortelã
-Brócolis
-Acelga
-Alface
-Chicória
-Almeirão
-Outros

Autor: Wellington Lee Schetinger Farmacêutico Fitoterapêuta Acupunturista

Veja nosso vídeo do Suco da Terra

 

Linhaça

MARAVILHOSAS PROPRIEDADES DA LINHAÇA

          Nos últimos anos tem-se publicado uma grande quantidade de informação sobre os extraordinários efeitos da semente de linhaça para a cura, saúde e bem estar.

          Os investigadores do INSTITUTO CIENTÍFICO PARA ESTUDO DA LINHAÇA DO CANADÁ e dos Estados Unidos, têm enfocado sua atenção no rol desta semente inclusive na prevenção e cura de numerosas doenças degenerativas e graves. As investigações e a experiência clínica têm demonstrado que o consumo em forma regular de semente de linhaça, previne ou cura as seguintes doenças:

 

CÂNCER: de mama, de próstata, de colon, de pulmão, etc., etc.

 

A semente de linhaça contém 27 componentes anti-cancerígenos, um deles é; a LIGNINA e esta semente contém 100 vezes mais Lignina que os melhores grãos integrais. Nenhum outro vegetal conhecido até agora iguala essas propriedades.

Também protege e evita a formação de tumores.

 

BAIXA DE PESO: A linhaça moída é excelente para baixa de peso e abaixa o colesterol de forma rápida.  Ajuda a controlar a obesidade e a sensação desnecessária de apetite, por conter grandes quantidades de fibra dietética.  Tem cinco vezes mais fibra que a aveia.

Se você deseja baixar de peso, tome uma colher a mais pelas tardes, depois de hidrata-la com água por alguns minutos.

 

SISTEMA DIGESTIVO: Previne ou cura o câncer de colon.

Ideal para prisão de ventre, acidez estomacal. Lubrifica e regenera a flora intestinal. Expulsa gases gástricos. É um laxante por excelência. Previne os divertículos nas paredes do intestino. Elimina toxinas e contaminadores.

 A linhaça contém em grandes quantidades dos dois tipos de fibras dietéticas solúveis e insolúveis.

 

SISTEMA NERVOSO: É um ótimo tratamento para a pressão do dia a dia. As pessoas que consomem linhaça sentem uma grande diminuição da tensão nervosa e uma sensação de calma.  Melhora as funções mentais dos anciãos e ajuda nos problemas de conduta (esquizofrenia) . A linhaça é uma dose de energia para o cérebro, porque contém os nutrientes que reduzem mais neurotransmissores (reanimações naturais).

 

SISTEMA IMUNOLÓGICO: A linhaça alivia alergias, é efetiva para o LUPUS. A semente de linhaça por conter os azeites essenciais Omega 3, 6, 9 e um grande conteúdo de nutrientes requeridos pelo organismo humano constantemente, faz com que o organismo ofereça uma grande resistência às doenças. Contém grandes quantidades de rejuvenescedor, pois retém combate radicais livres.

A linhaça é útil para o tratamento da anemia.

 

SISTEMA CARDIOVASCULAR: É ideal para tratar a arteriosclerose, ajuda na eliminação do colesterol aderido nas artérias, esclerose múltipla, trombose coronária, alta pressão arterial, arritmia cardíaca, incrementa as plaquetas na prevenção da formação de coágulos sanguíneos. É excelente para regular o colesterol ruim. O uso regular de linhaça diminui o risco de padecer de doenças cardiovasculares. Uma das características UNICAS da linhaça é que contém uma substância chamada taglandina, a qual regula a pressão do sangue e a função arterial e exerce um importante papel no metabolismo de cálcio e energia.

 O Dr. J H. Vane, ganhou o prêmio Nobel de medicina em 1962 por descobrir o metabolismo dos azeites essenciais Omega 3 e 6 na prevenção de problemas cardíacos.

 

DOENÇAS INFLAMATÓRIAS: O consumo de linhaça diminui as condições inflamatórias de todo tipo. Beneficia em todas aquelas doenças terminadas em “TITE”, tais como: gastrite, hepatite, artrite, colite, amidalite, meningite, etc.

RETENÇÃO DE LÍQÜIDOS: O consumo regular de linhaça, ajuda aos rins a excretar água e sódio. A retenção de água (Edema) acompanha sempre à inflamação de tornozelos, alguma forma de obesidade, síndrome pré-menstrual, todas as etapas do câncer e as doenças cardiovasculares.

CONDIÇÕES DA PELE E CABELO: Com o consumo regular de sementes de linhaça você notará como sua pele volta-se mais suave. É útil para a pele seca e pele sensível aos raios do sol. É ideal para problemas na pele, tais como: psoriase e eczema. Recomenda-se também moída como uma farinha, como máscara facial para uma limpeza profunda do cútis. Ajuda na eliminação do pano branco, manchas, acne, espinhas, etc.

É excelente para a calvície. Essa é uma boa notícia para quem sofre de calvície. Também é útil no tratamento da caspa. Use-a como geléia para fixar e NUTRIR o cabelo. (O uso de vaselinas  danificam o coro cabeludo e o cabelo.)

 

DIABETE: O consumo regular de linhaça favorece o controle dos níveis de açúcar no sange. Esta é uma excelente notícia para os insulina -dependentes.

VITALIDADE FÍSICA: Um dos mais notáveis indicativos de melhora devido ao consumo de linhaça é o incremento progressivo na vitalidade e na energia. A linhaça aumenta o coeficiente metabólico e a eficácia na produção de energia celular. Os músculos se recuperam da fadiga do exercício.

 

MODO DE USAR:

Duas colheres de sopa por dia, batidas no liquidificador, ou simplesmente hidratadas na água a noite e batida de manhã com frutas.

Você pode misturar a linhaça numa sopa, no feijão, no arroz, no pão e bolos, ou a farinha em um copo com suco de fruta, ou sobre a fruta, ou com a aveia, ou no iogurte etc.

Pode ser consumido por pessoas de todas as idades e em todas as condições de saúde, inclusive por mulheres grávidas.

 

Pão sem Trigo

Nelson Xavier

Ingredientes

  • 400 mL de leite de soja

  • 2 ovos

  • 10 g de fermento seco

  • 1/2 (meio) kg de farinha de arroz integral

  • 1/2 (meio) kg de polvilho doce

  • 1 xícara de goma de tapioca

  • 1/2 (meia) colher de sobremesa de sal

  • 1 colher de sobremesa de açúcar

  • 1 colher de sopa de óleo de oliva

  • manteiga ou azeite (para untar a forma)

  • 1 forma retangular estreita e funda (como se fosse para fazer pão de forma)

Modo de Preparo
Numa vasilha de vidro vamos misturar a farinha de arroz integral com o polvilho doce.

Você vai colocar três mãos de farinha de arroz e três mãos de polvilho doce (peneirando os dois na hora de colocar na vasilha) e continuar assim até misturar toda farinha e todo polvilho.

O polvilho doce é o que demora mais para peneirar.

Quando terminar de misturar a farinha e o polvilho, adicione a tapioca (também peneirando), em seguida coloque o açúcar, o fermento e o sal e misture tudo.

Quando tiver misturado todos os ingredientes secos, adicione o leite de soja, e mexa bastante. A massa tem que ficar cremosa, quase seca, quando você puxar com a colher ela tem que ficar presa, difícil de cair.

Em outra vasilha de vidro bata as claras dos ovos até ficarem clara em neve (as gemas não serão usadas).

Quando terminar de bater misture a massa preparada anteriormente nessa vasilha da clara em neve.

Adicione a colher de sopa de óleo e misture bem.
Unte a forma com o óleo ou manteiga (o que preferir).

Coloque a massa na forma untada e deixe repousar por 30 a 40 minutos.

Depois coloque no forno baixo por 15 minutos, em seguida aumente o fogo e deixe por mais 15 minutos.

 

Vitaminas

Onde Encontrar

  • Vitamina A: Chicória, tomate, cenouracrua, verduras de cores vivas, espinafre, leite cru, manteiga, fígado, animais marinhos, agrião, milho amarelo, batata doce, laranja, abacaxi, beterraba, páprica, abóbora, alface, bertalha, brócolis, cará, couve, pimentão, repolho, salsa. (É destruída em contato com o ar e sob altas temperaturas.)

  •  Vitaminas B:

 B1 (Tiamina): Levêdo de cerveja, germe de trigo, cereais integrais (trigo, aveia, cevada, centeio, arroz), feijão, lentilha, ervilha, grão de bico, soja, passas, figos secos, nozes, castanha do pará.

B2 (Riboflavina): Levêdo de cerveja, leite, ovos, queijos, batata, brócolis, ervilha, espinafre, vagem, oleaginosas(nozes, azeitonas, amendoim, castanha do pará).

B3 (Niacina): Levêdo de cerveja, cereais integrais, lentilha, jaboticaba, feijão, ovos, ervilha, leite, castanha do pará.

B6 (Piridoxina): Banana.

B9 (Ácido Fólico): Vegetais de folhas verde escuras.

B12: Produtos animais (carne, leite, ovos).

  • Biotina: Fígado, ovos, cereais integrais, amendoim, feijão.

  • Colina: Cereais integrais, fígado, vegetais.

  • Ácido pantotênico: Geléia real, mel de abelhas.

  • Vitamina C: Vegetais, laranja, limão, caju, goiaba, tomate, repolho cru, alface, cebola crua, nabo, abacaxi, morango, framboesa, uva, agrião, aveia, ervilha, dente de leão, chicória, melancia, batata. (É destruída pelo fogo e pelo contato com o ar. Os alimentos devem ser consumidos após a colheita. Não misturar com vinagre.)

  • Vitamina D: Banho de sol, manteiga, leite, queijos, gema de ovo, castanha de cajú e do pará.

  • Vitamina E: Germe de trigo, milho, amendoim, soja, espinafre, batata doce, dente de leão, salsa, alho porró, folhas de nabo, mostarda, folhas verde em geral, cereais integrais, azeitona.

  • Vitamina G:  Fígado de boi, levêdo de cerveja, carne magra, beterraba, batata com casca, cereais integrais, óleo de milho e soja, manteiga, ovos, leite, feijão, lentilha, melado, ervilha, frutas frescas, pepino, cenoura.

  • Vitamina K:  Vegetais de folhas verdes, milho, tomate, batata, ovos, germe de trigo, cereais integrais, amendoim, abacate, bactérias da flora intestinal.

 

Minerais

Onde Encontrar

  • Ferro: Gema do ovo, ervilha, aveia, arroz e trigo integral, amêndoas, chicória, salsa, passas, castanha do pará, tâmaras, almeirão, ameixa preta, acelga, agrião, feijão, lentilha, melado, rapadura, uva, carne.

  • Enxofre: Rabanete, cebola, aipo, repolho branco e roxo, aspargo, tomate, alface. Comer os alimentos crus.

  • Iodo: Algas, peixe, frutos do mar, cebola, feijão, uva, alho, alcachofra, abacaxi, laranja, repolho, cenoura, pepino, alface.

  • Silício: Cereais integrais, figo, beterraba, tomate, pepino, repolho, couve, couve flor, rabanete, quiabo.

  • Manganês: Cereais integrais, feijão, ervilha, banana, abacaxi, pêssego, repolho, couve, aipo, gema do ovo, alface, beterraba.

  • Flúor: Gema do ovo, aveia, repolho, couve flor, cereais integrais, leite de cabra, agrião, beterraba, frutos do mar, queijo roquefort, alho, espinafre.

  • Enxofre: Ovos, nozes, feijão, ervilha, couve, nabo, repolho, rabanete, couve flor, brócolis, agrião, milho, cebola.

  • Cálcio: Queijos, figo seco, feijão, gema de ovo, leite, azeitonas, amêndoas, lentilha, nabo, nozes, creme de leite, ervilha, aipo, aveia, tâmara, passas, couve, brócolis, chicória, melado, salsa, castanha do pará, serralha, açúcar mascavo, laranja.

  • Sódio: Sal, queijo, germe de trigo, aipo, beterraba, tomate, lentilha, batata, passas, figo, cenoura, pepino, abóbora, nabo, vagem, uva, melancia, maizena, ervilha, azeitona, manteiga, fubá.

  • Potássio: Feijão, azeitona, ervilha, lentilha, batata, cereais integrais, passas, tâmaras, repolho, couve, cenoura, aipo, alface, tomate, pêssego, abacaxi, carne, peixe, fava, mel, fubá, ameixa seca, amêndoa, banana, figo, espinafre, nabo, vagem, melão, cebola, água de côco.

  • Magnésio: Cereais integrais, amêndoas, nozes, batatas, beterrabas.

  • Cloro: Leite, aipo, ovos, tomate, alface, batata, repolho.

  • Fósforo: Queijo, cacau, acelga, castanha do pará, germe de trigo, cereais integrais, limão, figo, pepino, rabanete, amêndoas, carne, frutos do mar, ovos.

 

Receitas Veganas

Bolo sem leite sem glutem e sem ovo

Ingredientes: 
200 ml de suco de laranja; 
1/2 copo (200 ml) de óleo; 
1 copo cheio (200 ml) de açúcar; 
1 pitada de sal; 
2 copos e 1/2 (200 ml) de farinha de arroz; 
1 colher de sopa bem cheia de fermento em pó; 
1 colher de café de farinha de linhaça (ela substitui o ovo).

Modo de Preparo: 
Bata todos os ingredientes no liquidificador;
Coloque em uma forma untada com óleo; 
Leve ao forno médio, pré-aquecido, por cerca de 40 minutos, ou até dourar.

Tempo de preparo: 50 minutos 
Rendimento: 8 porções